sexta-feira, 11 de março de 2011

11/03/20111

"...Foram ter com Jesus e perguntaram-Lhe: 'porque razão nós e os fariseus jejuamos e os teus discipulos não jejuam?'..."
(Do Ev da Missa de hoje, Mt. 9, 14-15)

Os fariseus obedeciam a leis embrulhadas em conveniencias e rituais exteriores, ocos de sentido. O mesmo acontece hoje ainda... Cortar com a compota e o chocolate... pôr na mesa um belo robalo à 6ª. feira e sentir-se em paz com a penitência de Quaresma... que raio de jejum é este? Não terei antes que me alimentar de perguntas como: Como vivo a justiça? Os meus medos e "prisões"? A Verdade? Como acolho e dou a mão aos que sofrem? Como amo os diferentes? Como uso o meu tempo? Seguir Jesus, é criar com ELE uma intimidade que me afaste de "outros" alimentos, uma vez que só UM me pode satisfazer: Jesus, O Senhor!

"...Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e namora com o teu Pai no segredo do teu coração..."

Teresa Olazabal